ÁGUA MINERAL NATURAL
BEBA SEM MODERAÇÃO
Destaques


O que é agua mineral?

Água mineral é água que contém minerais ou outras substâncias dissolvidas que alteram seu gosto e/ou lhe dão valor terapêutico. Sais, compostos de enxofre e gases são entre as substâncias que podem estar dissolvidas na água. A água mineral pode frequentemente ser efervescente. Ela pode ser preparada ou pode ocorrer naturalmente.

As águas minerais são águas subterrâneas originárias das águas de superfície que infiltraram através do solo. As águas minerais diferenciam-se das demais águas subterrâneas por atingirem maiores profundidades, devido a condições especiais do solo que permitem atingir grandes profundidades. Esta infiltração maior fornece condições físico-químicas especiais à água: maior dissolução de sais minerais, maior temperatura e pH alcalino. Algumas águas minerais são originárias de regiões com alguma atividade vulcânica.

Os diversos tipos de águas minerais são classificados segundo a composição química, origem da fonte, temperatura e gases presentes. Estes aspectos determinam a forma de uso: consumo como bebida, apenas para banhos e se são terapêuticas ou não.

As águas minerais retornam à superfície através de fontes naturais ou por poços perfurados.

Os exames físicos, químicos e bateriológicos determinam se o ideal da água mineral é para consumo ou banhos, se terapêuticas ou não.

Modernamente, a água mineral para consumo é distribuída em vasilhames, podendo ser consumida longe das fontes termais.

No Brasil, o consumo de águas minerais é regulamentado por legislação específica. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) refere-se à água mineral natural e à água natural como sendo de origem subterrânea. A partir de março de 2007, passou a vigorar no Brasil a RDC nº 173/06, que regulamenta o assunto.

As características de composição e propriedades para classificação como água mineral bem como sua exploração são regulamentadas pelo Decreto-Lei Nº 7.841, de 8 de agosto de 1945 Código de Águas Minerais.

<< voltar

 

Validade do Garrafão

PORTARIA Nº 387, DE 19 DE SETEMBRO DE 2008.
DOU DE 23 DE SETEMBRO DE 2008
Disciplina o uso das embalagens plástico-garrafão retornável, destinadas ao envasamento e comercialização de água mineral epotável de mesa e dá outras providências.
O DIRETOR-GERAL DO DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO MINERAL, em face do disposto na Lei nº 8.876, de 2 de maio de 1994, e no uso da atribuição que lhe confere o Decreto nº 4.640, de 21 de março de 2003, publicado no Diário Oficial da União de 24 de março de 2003,
Considerando os termos da Resolução nº 002/2008 da Comissão Permanente de Crenologia – CPC,
RESOLVE:
Art. 1º. Os titulares de concessão de lavra de água mineral que utilizam vasilhames plásticos retornáveis para envase deverão observar os termos desta portaria.
Art. 2º. As embalagens plásticas para água mineral e potável de mesa de que trata o item I dessa resolução deverão garantir a integridade do produto e serem fabricadas com resina virgem ou outro material aceitável para contato com alimentos.
§ 1º. Os materiais a serem utilizados na fabricação das embalagens deverão atender às especificações da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA/MS.
§ 2º. Os concessionários de água mineral e potável de mesa que envasem seus produtos em embalagens retornáveis em volumes de capacidade nominal de 10 ou 20 litros ficam obrigados a apresentar ao DNPM cópia reprográfica de certificado de instituto técnico reconhecido atestando que seu produto atende às citadas normas técnicas.
§ 3º. O certificado aludido no parágrafo anterior deverá ser renovado anualmente e juntado ao processo de concessão de lavra.
Art.3º. É permitido o reenvase de vasilhames plásticos retornáveis de que trata essa portaria, exclusivamente em volumes de capacidade nominal de 10 ou 20 litros.
Art.4º. Apenas poderão ser utilizados para o envase e comercialização, as embalagens plástico-garrafão retornável que obedeçam em seu processo de fabricação às normas constantes da ABNT NBR 14222 que dispõe sobre embalagem plástica para água mineral e potável de mesa – garrafão retornável –, aos requisitos e métodos de ensaio – ABNT NBR 14328, que dispõe sobre embalagem plástica para água mineral e potável de mesa – tampa para garrafão retornável – requisitos e métodos de ensaio e suas alterações posteriores.
Art.5º. Além do estabelecido nas normas técnicas da ABNT citadas, os vasilhames retornáveis objeto dos desta portaria devem trazer no fundo a data limite de 03 (três) anos de sua vida útil.
Art.6º. O transporte, a distribuição e a comercialização de água mineral em vasilhame retornável devem seguir integralmente as normas constantes da ABNT NBR 14.638, que dispõe sobre embalagem plástica para água mineral e potável de mesa - garrafão retornável – requisitos para distribuição, e suas alterações posteriores, além das normas de transportes de alimentos emanadas dos órgãos federais públicos reguladores.
Parágrafo único. As empresas terão o prazo de 01 (um) ano, contado da data de publicação desta portaria, para se adequarem, devendo então passar a adquirir embalagens plástico-garrafão retornável devidamente certificados.
Art. 7º. O descumprimento das obrigações instituídas nesta Portaria acarretará ao infrator as penalidades previstas no Código de Águas Minerais, Decreto-Lei 7.841, de 08 de agosto de 1945, no Código de Mineração, Decreto-Lei nº 227, de 15 março de 1967, e demais legislações pertinentes
Art.8º. Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação
MIGUEL ANTONIO CEDRAZ NERY
Diretor-Geral do DNPM

<< voltar

 

Limpeza do Bebedouro e Troca do Vasilhame

CUIDADOS NA TROCA DO GARRAFÃO

  1. Lave externamente todo o garrafão (ou no mínimo a parte superior que fica em contato com a água) com detergente neutro e água corrente;
  2. Lave também as mãos com detergente;
  3. Utilize papel toalha e álcool (de preferência 70% INPM) na parte superior do garrafão para desinfecção;
  4. Ao deslocar o garrafão limpo, não segure pelo gargalo, e sim no centro do vasilhame;
  5. Coloque no bebedouro.

LIMPEZA DO BEBEDOURO
A cada 20 (vinte) dias lave seu bebedouro seguindo este procedimento:

  1. Desligue o bebedouro da tomada e aguarde 10 minutos;
  2. Esvazie toda a água que estiver no recipiente;
  3. Retire a tampa que impede o acesso ao recipiente interior;
  4. Lave o recipiente e tampas utilizando uma esponja (usada apenas para este fim) e detergente neutro;
  5. Enxágüe deixando a água sair pelas torneiras;
  6. Feche as torneiras e encha o recipiente com água;
  7. Adicione 30ml de água sanitária;
  8. Deixe agir por 15 minutos;
  9. Dispense toda a água pelas torneiras;
  10. Enxágüe com água mineral;
  11. Deixe sair de cada torneira aproximadamente 1 litro de água mineral;
  12. Feche as torneiras. Seu bebedouro está limpo e pronto para uso.

OUTROS CUIDADOS:

  1. Evite deixar o bebedouro descoberto;
  2. Se possível, retire o garrafão vazio apenas na troca;
  3. Jamais coloque outros líquidos ou objetos dentro do vasilhame;
  4. Não guarde seu garrafão cheio ou vazio próximo a produtos de limpeza ou qualquer outro com cheiro ativo;

Nunca deixe o vasilhame sob sol e chuva.

<< voltar

 

Aula na Fonte

Preocupada com educação Ambiental a Fonte D`Vida abre suas portas, possibilitando que as escolas da região realizem visitas educativas.

O objetivo deste trabalho é facilitar e fortalecer o aprendizado (teórico e pratico) sobre a preservação da natureza e contribuir na construção de uma sociedade  mais consciente.
Inscreva sua escola através do e-mail: atendimento@fontedvida.com.br.

<< voltar

A empresa | Produtos | Distribuidores | Qualidade | Localização | Cadastro | Contato
Todos os direitos reservados são da Fonte D´Vida